Confiança… Como desenvolver?

Nos últimos anos tem ficado cada vez mais difícil confiar numa pessoa, tanto na vida pessoal, como profissional. Confiar pra mim é não ter que inspecionar os pensamentos e ações da outra pessoa; a pessoa diz um fato e eu acredito (credibilidade); quando um amigo conta algo para mim e me pede segredo (por um ato de amizade); ter afinidade com uma pessoa por terem histórias de vida parecidas… Ou seja, são fatos, pontos de interseção que me conectam e fazem eu acreditar na outra pessoa.

Nós vivemos um momento de colapso… Muitos vagas de empregos, poucos profissionais qualificados, muita tecnologia, pouca integração, pessoas se deslocando de cidades e países, pessoas repensando seus valores e crenças, um turbilhão de sentimentos e transformações. Toda essa mudança é benéfica para tirar o cérebro da zona de conforto. Mas a grande maioria da população não se preparou para essas mudanças e reagem com desequilibrio, cobiça, arrogância, potencializando comportamentos ruins como uma defesa. Elas ajudam a piorar o ambiente tornando um caos conversas, debates, movimentos e até mesmo ambiente de trabalho. Lembram daquela frase: ” A melhor defesa é o ataque”! Pois é… Todas essas reações são causadas pela falta de confiança e segurança em si mesmo e principalmente, no ambiente que convive. Triste não?! Logo, se formos fazer uma análise desse comportamento dentro de uma empresa, podemos dizer, mais claramente, que os efeitos da falta de confiança são:

  • Menor troca de informação e orientação;
  • Dúvida de feedback negativo recebido;
  • Objetivos pessoais acima dos demais do time;
  • Pessoas se protegendo o tempo todo;
  • Competição e concorrência x cooperação e colaboração;
  • Conflitos nos relacionamentos.

Tenho certeza que você se identificou com os pontos acima não é?!. Se já não vivenciou, já viu alguem passando por esses pontos. Não é fácil mesmo! Mas a tenta melhorar… Que tal demonstrar ou construir a confiança? Como tudo na vida, tem 50% de dar certo, ou 50% de dar errado. Mas se você não arriscar, jamais saberá! Então vamos aos passos…

  • Cumpra o combinado! Se você se comprometeu com algo, faça! E se não conseguiu, não dê desculpas! Fale a verdade!
  • Se você sentiu que a outra pessoa perdeu a confiança e não sabe o que você fez, pergunte! Converse sobre o assunto e esclareça, alinhe as expectativas. Pessoas tem percepções diferentes sobre o mesmo assunto!
  • Não dê mensagens duras ou expresse emoções negativas através de e-mail ou correio de voz. Esses meios são sempre mais duros que uma boa conversa!
  • Certifique-se que sua mensagem é consistente. Evite dizer coisas diferentes para públicos diferentes.
  • Não prometa sigilo (confidencialidade) se você não tiver certeza que pode ou deve manter as informações privadas.

Uhm… Mas Annelise e se eu quiser abordar a confiança num trabalho com o time. Como faço?

  • Procure fazer atividades fora da empresa, que aumente a integração entre as pessoas;
  • Dê visibilidade para equipe. Crie murais com nomes e fotos do seu time;
  • Se um profissional detém um conhecimento específico, reserve um momento com o time para que seja compartilhado;
  • Pausas como almoços, lanches e happy hours são excelentes momentos para interagir;
  • Reuniões em pé, mesmo que rápidas, são ótimas para criar laços de confiança.

E se o seu time é distribuído, esta longe… Como faz para criar confiança?

  • Agende um encontro físico, caso seja o início do projeto ou início da pessoa naquele trabalho ou time;
  • Reuniões de planejamento e feedback devem ser feitas presencialmente para aumentar o laço de confiança. Se não tiver como, que tenha a conexão visual para observar os comportamentos e fisionomias;
  • Caso tenha pessoas no time que são de empresas terceirizadas tratem elas como se fossem de sua empresa. Afinal elas também compõem o time e fazem parte da entrega do produto;
  • Mantenha a comunicação dia-a-dia mesmo que distante! Hoje em dia temos vários meios de falar e dizer que não conseguiu falar com fulano, não é justificativa para não produzir.

LEMBRE-SE!!! CONFIANÇA LEVA TEMPO PARA SE CONSTRUIR E POUCO TEMPO PARA PERDER! FIQUE ATENTO!

Confiança não é algo que nasce com a gente. Ela é construída. Se não cuidarmos, ela morre. O exercício tem que ser permanente! Confiança é o resultado das informações sobre alguém. Quanto mais informações sobre quem necessitamos confiar, melhor formamos um conceito positivo da pessoa!

Até breve 🙂

Deixe uma resposta