Lider ou Chefe…como reconhecer?

Mas diante disso você vai pensar… “Ah Annelise, mas é só uma defesa, a criação de uma imagem para manter status, poder e posição… É inofensivo”! Não, não, não… Essas pessoas são tóxicas num ambiente coorporativo, pois espelham para o resto da empresa um comportamento que não ajuda, nem a evolução da cultura, nem a evolução de produtos e serviços! Não produzem, não desenvolvem, não colaboram com seus times, bloqueiam trabalhos, não estão abertos a novidades, gerem pessoas utilizando medo, crenças e coação manipulando ao seu favor, colocam funcionários uns contra os outros e não estão dispostos a ouvirem feedbacks. São pessoas que vivem de ego e esquecem, totalmente, que estão num cargo de liderança porque possui um time de profissionais para orientar e promover melhorias. Do contrário, não haveira necessidade do cargo, não é mesmo 😉

Há tempo venho pensando em escrever um artigo falando sobre reconhecer o perfil de um chefe num cargo de líder. Vejo tantos profissionais por ai, dizendo: “vamos fazer juntos”, “parabéns time”, “aqui trabalhamos com ágil”, “nosso ambiente é bem colaborativo”… Frases! Muitas frases… eu diria frases de efeito, como se fosse um marketing dizendo que “eu estou atualizado”, “eu acompanho a minha equipe”, “mudei minha forma de pensar, sentir e agir rapidamente para me adaptar ao trabalho que o meu time” …Ouço isso frequentemente nos eventos que eu frequento e nas conversas com outros profissionais… É meu amigo, existem chefes que se fantasiam de líderes e se vendem muito bem por ai….

Agora me diz uma coisa… todo esse comportamento que acabei de descrever acima tem muito mais a ver com ser um CHEFE (comando e controle, modelo autocrático), do que um LÍDER (integrador e servidor), não é mesmo? Concorda?Bom, gosto muito de uma frase do Abraham Lincoln: “A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns”. Para isso acontecer, um bom líder tem que estar perto de seus profissionais ( líder faz parte do time), acompanhando o trabalho que cada um deles desempenha, agindo com foco na evolução do conhecimento, das experiências, das habilidades e atitudes de cada um, entendendo as necessidades, dando o suporte que o time precisa para trabalhar, elogiando em público e corrigindo em particular, recebe e da feedbacks constantes e principalmente, estar a par dos problemas (defeitos, falhas) que ocorreram ou que podem ocorrer durante o trabalho, criando um ambiente de transparência e confiança entre os liderados. Um bom líder inspira e motiva pessoas, trabalha incansavelmente pelo time, lidera com ações e costuma ser um exemplo a ser seguido.

Ai você vai me perguntar… “Annelise, você já teve líderes assim?” Sim, eu já tive e sou amiga deles até hoje porque admiro o trabalho que eles fazem. Por ter ficado tão perto deles, aprendi e aprendo muito com todos até hoje. Ambientes que possuem líderes são ambientes mais leves para trabalhar, para desenvolver novos produtos e serviços, para discutir melhorias e ideias, porque todos são envolvidos e ouvidos. Todos carregam consigo a responsabilidade e comprometimento de ser um pouco “dono” do que esta sendo desenvolvido e que será colocado no mercado. E é justamente por isso que vemos empresas pequenas e médias crescendo tanto em pouco temo e empresas tradicionais quebrando. Os profissionais não querem mais receber ordens de chefes, eles querem ser ouvidos e querem fazer parte daquele momento da empresa. A cultura é mais colaborativa e as metas são compartilhadas e integradas, para fazer com que as áreas se comuniquem. Os espaços são iguais para todos, sem ter salas, mesas ou visão privilegiada da janela. Os profissionais se reconhecem por suas aptidôes e competências, não pelo crachá, pela plaquinha na sala ou pelas poltronas de couro.

Logo, se você é um desses que se tornou um CHEFE porque ninguém na empresa te ensinou a ser um líder e vive dando essas justificativas toda vez que alguém te chama atenção… POR FAVOR!!! PARE DE SE ENGANAR!!! Porque a curto prazo, as justificativas podem até funcionar. Mas com o passar do tempo, um profissional como esse ficará totalmente obsoleto no mercado. Os títulos vão ficar apenas na parede da sua sala, lembrando uma época que você teve êxito e que não se preparou para o futuro para continuar, por não acreditar em mudança.

CHEFES acordem enquanto a tempo de investir e melhorar seu mindset!

LÍDERES continuem cultivando e espelhando boas ações, humildade e humanidade para evoluirmos mais e mais.

Deixe uma resposta